segunda-feira, novembro 05, 2012

UMA IMAGEM, MIL PALAVRAS...


Mergulhador brasileiro mergulha cara-a-cara com o temível tubarão-branco.


 O fotógrafo Daniel Botelho tem chamado atenção no Brasil e no exterior com a divulgação de seu último trabalho subaquático. As fotos do brasileiro mostram o resultado de mergulhos sem gaiola de proteção ao lado de nada menos que seis tubarões-brancos. A aventura ocorreu há duas semanas na Ilha de Guadalupe, localidade do México que é banhada pelas águas do Oceano Pacífico.

 Ele conseguiu provar com suas fotografias que a ferocidade do tubarão-branco foi estigmatizada pelo clássico filme de Steven Spielberg ("Tubarão", de 1975), e que seguindo uma série de procedimentos o mergulho ao lado dos tubarões pode ser seguro.

 Vi no G1.


NOSTALGIA...

Máquinas de costura "Singer", toda mãe ou avó tinha uma.hospedagem de sites php gratis
Máquinas de costura "Singer", toda mãe ou avó tinha uma.hospedagem de sites php gratis

Máquinas de costura "Singer". Toda mãe ou avó tinha uma.


Quem, quando menino, nunca brincou de carrinho embaixo de uma, heim!?


terça-feira, outubro 16, 2012

VIDA DE NORDESTINO...

No tempo em que não havia uma Brastemp, a gente bebia água assim mesmo. Qual casa de Felipe Guerra nunca teve uma "geladeira" dessas, heim?melhor hospedagem de site

Quando não havia uma Brastemp, a gente bebia água assim mesmo. Quem nunca teve um pote de barro em sua casa não é Nordestino da gema.


Êta, vida de sertanejo...

segunda-feira, outubro 01, 2012

MORRE ERIC HOBSBAWM, UM DOS MAIORES HISTORIADORES DE TODOS OS TEMPOS


Depois de mais de um mês sem postar nada aqui (por preguiça e por falta de tempo também), estou retornando (pra variar) hoje após um fato triste para o mundo intelectual: a morte de um dos maiores historiadores de todos os tempos, Eric Hobsbawm.


Eric Hobsbawm, o maior historiador de esquerda do século XX, morreu nesta segunda-feira em Londres, aos 95 anos, após um longo período doente, segundo confirmou a família ao jornal The Guardian. Hobsbawm morreu no começo da manhã no hospital Royal Free de Londres, onde estava internado. 

O intelectual nasceu numa família judia na Alexandria e se mudou para a Inglaterra aos 16 anos. Ele deixa mulher, três filhos, sete netos e uma bisneta. 

Entre suas obras de destaque, que influenciaram gerações de historiadores, está Era dos Extremos: o Breve Século XX: 1914 - 1991. No livro, ele afirma que o século XX começou em 1914, com a I Guerra Mundial, e terminou em 1991, com o fim da União Soviética. A publicação faz parte da quadrilogia que aborda a história europeia entre 1789 e 1991 e da qual fazem parte os livros A Era das Revoluções (1962), A Era do Capital (1975), A Era dos Impérios (1987) e A Era dos Extremos (1994). Outra obra importante é Globalização, Democracia e Terrorismo. Em 2002, Hobsbawm lançou a biografia Tempos Interessantes: Uma Vida no Século XX.

O historiador entendeu a importância de analisar os fatos políticos ainda muito jovem, aos 13 anos, quando se mudou para Berlim com a irmã para morar com os tios, após a morte dos pais, em Viena. O ano era 1933 e Adolph Hitler havia sido nomeado primeiro-ministro da Alemanha, sinal interpretado pelo tio de Hobsbawm como o primeiro indício da perseguição aos judeus que tomaria forma nos anos seguintes. Por isso, a família tratou logo de transferir-se para Londres, decisão que o historiador apontou posteriormente como a salvação de sua família. 

Em Londres, Hobsbawm passou a integrar o Partido Comunista da Grã-Bretanha ao mesmo tempo em que cursava História na Universidade de Cambridge.  

Lições - Em uma conferência realizada em agosto de 1995 no Masp, o pensador apresentou as suas três lições aos jovens historiadores que investigam fatos do passado: devem procurar saber algo do acontecido antes de mergulhar nos arquivos; devem saber que a memória dos protagonistas falhará sobre os pontos isolados da História; e devem reconhecer a inutilidade de tentar mudar as ideias e os ideais dos participantes dos acontecimentos.

A última vez que Hobsbawm esteve no Brasil foi em 2003, para participar da Flip, em Paraty.

 Fonte: Veja


As principais obras:
O título de cidade libertária e pioneira é, sem sombra de dúvidas, o maior orgulho do povo mossoroense. Prova disso, basta observar os nomes das ruas, bairros e conjuntos (Liberdade, Abolição, Redenção), edifícios (Shopping Liberdade) que remetem ao fenômeno. melhor hospedagem site
O historiador britânico Eric Hobsbawm morreu nesta segunda-feira, 1°, aos 95 anos, em Londres. A informação foi confirmada pela família do inglês. Entre suas obras mais importantes estão História do século 20, 1914-1991 e Guerra e paz no século 21. O intelectual marxista é considerado um dos maiores historiadores do século 20. Eric Hobsbawm nasceu em 1917 e era professor emérito da Universidade de Londres. Suas convicções marxistas influenciaram diversos estudiosos na área da história ocidental. Ele defendia o socialismo mesmo após o fim da União Soviética. Hobsbawm veio ao País há 12 anos, em 2003, e participou da primeira edição da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip). A vivência de Hobsbawm como aluno durante a década de 1930 na Alemanha ajudou a consolidar suas visões de esquerda. Em 1936, na Inglaterra, ele entrou para o Partido Comunista, do qual foi integrante durante décadas, apesar de ter se desiludido com a União Soviética. Hobsbawm publicou o primeiro de três livros cobrindo o "longo século 19" em 1962, em que abrange o período 1789-1914. No segundo volume, Era dos extremos, tratou do período até 1991. Hobsbawn nasceu na Alexandria, no Egito, em 1917, filho de pais judeus. Ele cresceu em Viena e em Berlim, mudando-se para Londres em 1933, mesmo ano em que Adolf Hitler chegou ao poder na Alemanha. O historiador deixa a mulher, três filhos, sete netos e um bisneto. Algumas de suas mais importantes obras:melhor hospedagem site
O historiador britânico Eric Hobsbawm morreu nesta segunda-feira, 1°, aos 95 anos, em Londres. A informação foi confirmada pela família do inglês. Entre suas obras mais importantes estão História do século 20, 1914-1991 e Guerra e paz no século 21. O intelectual marxista é considerado um dos maiores historiadores do século 20. Eric Hobsbawm nasceu em 1917 e era professor emérito da Universidade de Londres. Suas convicções marxistas influenciaram diversos estudiosos na área da história ocidental. Ele defendia o socialismo mesmo após o fim da União Soviética. Hobsbawm veio ao País há 12 anos, em 2003, e participou da primeira edição da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip). A vivência de Hobsbawm como aluno durante a década de 1930 na Alemanha ajudou a consolidar suas visões de esquerda. Em 1936, na Inglaterra, ele entrou para o Partido Comunista, do qual foi integrante durante décadas, apesar de ter se desiludido com a União Soviética. Hobsbawm publicou o primeiro de três livros cobrindo o "longo século 19" em 1962, em que abrange o período 1789-1914. No segundo volume, Era dos extremos, tratou do período até 1991. Hobsbawn nasceu na Alexandria, no Egito, em 1917, filho de pais judeus. Ele cresceu em Viena e em Berlim, mudando-se para Londres em 1933, mesmo ano em que Adolf Hitler chegou ao poder na Alemanha. O historiador deixa a mulher, três filhos, sete netos e um bisneto. Algumas de suas mais importantes obras:melhor hospedagem site
O historiador britânico Eric Hobsbawm morreu nesta segunda-feira, 1°, aos 95 anos, em Londres. A informação foi confirmada pela família do inglês. Entre suas obras mais importantes estão História do século 20, 1914-1991 e Guerra e paz no século 21. O intelectual marxista é considerado um dos maiores historiadores do século 20. Eric Hobsbawm nasceu em 1917 e era professor emérito da Universidade de Londres. Suas convicções marxistas influenciaram diversos estudiosos na área da história ocidental. Ele defendia o socialismo mesmo após o fim da União Soviética. Hobsbawm veio ao País há 12 anos, em 2003, e participou da primeira edição da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip). A vivência de Hobsbawm como aluno durante a década de 1930 na Alemanha ajudou a consolidar suas visões de esquerda. Em 1936, na Inglaterra, ele entrou para o Partido Comunista, do qual foi integrante durante décadas, apesar de ter se desiludido com a União Soviética. Hobsbawm publicou o primeiro de três livros cobrindo o "longo século 19" em 1962, em que abrange o período 1789-1914. No segundo volume, Era dos extremos, tratou do período até 1991. Hobsbawn nasceu na Alexandria, no Egito, em 1917, filho de pais judeus. Ele cresceu em Viena e em Berlim, mudando-se para Londres em 1933, mesmo ano em que Adolf Hitler chegou ao poder na Alemanha. O historiador deixa a mulher, três filhos, sete netos e um bisneto. Algumas de suas mais importantes obras:melhor hospedagem site
O historiador britânico Eric Hobsbawm morreu nesta segunda-feira, 1°, aos 95 anos, em Londres. A informação foi confirmada pela família do inglês. Entre suas obras mais importantes estão História do século 20, 1914-1991 e Guerra e paz no século 21. O intelectual marxista é considerado um dos maiores historiadores do século 20. Eric Hobsbawm nasceu em 1917 e era professor emérito da Universidade de Londres. Suas convicções marxistas influenciaram diversos estudiosos na área da história ocidental. Ele defendia o socialismo mesmo após o fim da União Soviética. Hobsbawm veio ao País há 12 anos, em 2003, e participou da primeira edição da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip). A vivência de Hobsbawm como aluno durante a década de 1930 na Alemanha ajudou a consolidar suas visões de esquerda. Em 1936, na Inglaterra, ele entrou para o Partido Comunista, do qual foi integrante durante décadas, apesar de ter se desiludido com a União Soviética. Hobsbawm publicou o primeiro de três livros cobrindo o "longo século 19" em 1962, em que abrange o período 1789-1914. No segundo volume, Era dos extremos, tratou do período até 1991. Hobsbawn nasceu na Alexandria, no Egito, em 1917, filho de pais judeus. Ele cresceu em Viena e em Berlim, mudando-se para Londres em 1933, mesmo ano em que Adolf Hitler chegou ao poder na Alemanha. O historiador deixa a mulher, três filhos, sete netos e um bisneto. Algumas de suas mais importantes obras:melhor hospedagem site


quarta-feira, agosto 22, 2012

QUALQUER AMOR, QUALQUER ROMANCE...



Já fui afoito demais. 
Hoje prefiro parar, refletir e esperar pra ver se faço falta.
E é só quando eu tiver essa certeza que pularei de olhos fechados e confiante, 
para viver qualquer amor, qualquer romance.

 By EU


segunda-feira, agosto 20, 2012

FOTOGRAFIA


Após um bom tempo sem postar por aqui, venho hoje só pra comemorar um dia que homenagea uma atividade que eu curto muito, a FOTOGRAFIA.

Ontem, 19 de agosto, foi comemorado o DIA MUNDIAL DA FOTOGRAFIA.

Trago nesse espaçoo então uma das Fotografias mais bonitas de todos os tempos, um astronauta em pleno voo no espaço.





quarta-feira, julho 18, 2012

CURIOSIDADE




A frase "The quick brown fox jumps over the lazy dog" contém todas as letras do alfabeto. 

Significa "A ligeira raposa marrom ataca o cão preguiçoso".



FRASES DE SÉRIES / FILMES




"O mundo não é um mar de rosas; é um lugar sujo, um lugar cruel, que não quer saber o quanto você é durão. Vai botar você de joelhos e você vai ficar de joelhos para sempre se você deixar. Você, eu, ninguém vai bater tão forte como a vida, mas não se trata de bater forte. Se trata de quanto você aguenta apanhar e seguir em frente, o quanto você é capaz de aguentar e continuar tentando. É assim que se consegue vencer.

Agora se você sabe do teu valor, então vá atrás do que você merece, mas tem que estar preparado para apanhar. E nada de apontar dedos, dizer que você não consegue por causa dele ou dela, ou de quem quer que seja. Só covardes fazem isso e você não é covarde, você é melhor que isso."

Rocky Balboa


domingo, julho 15, 2012

BEBA COM CONTROLE

Neste domingo, beba com controle, já que você não conhece esse tal de moderação.

Eu só bebo assim....


sexta-feira, julho 13, 2012

SEXTA-FEIRA 13 NÃO DEIXA DE SER SEXTA-FEIRA


13 ou não, Sexta-Feira é Sexta-Feira, bora curtir...

As imagens abaixo são apenas para inspirar vocês.



segunda-feira, julho 02, 2012

ESTUDAR É PARA OS FORTES...


"Estudar não é uma merda. Aprender não é chato. Ler não é tedioso. Escrever não é difícil. Calcular não é trabalhoso. Falar bem não é se exibir. Saber demais não te torna um gênio e saber pouco não te faz ser burro. A questão é você parar de se importar com coisas fúteis e começar a se preocupar com o seu futuro, com o que você quer ser."


Frase que tava no Face de uma aluna minha, Aretuza Cruz, que por sinal, já começou a se preocupar com seu futuro.


Pois é, quem não cola, pode até não sair da escola, mas quem ESTUDA, entra na VIDA.



domingo, julho 01, 2012

RIO DE JANEIRO AGORA É PATRIMÔNIO CULTURAL DA HUMANIDADE




Este domingo (1º) é um dia histórico para o Brasil. Esta é a data em que a cidade do Rio de Janeiro tornou-se a primeira do mundo a receber o título da Unesco de Patrimônio Mundial como Paisagem Cultural Urbana. A candidatura, apresentada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), foi aprovada durante a 36ª Sessão do Comitê do Patrimônio Mundial, em São Petersburgo, na Rússia.

 Fonte: G1


quinta-feira, junho 21, 2012

SEXTA-FEIRA TÁ CHEGANDO "DE COM FORÇA"



Daqui a pouco é Sexta-Feira. Durante o dia, trabalho, muito trabalho, mas quando o Sol estiver indo, é hora de começar os "trabalhos".

Essa daí foi tomada agorinha, nessa noite de Quinta, lá no Bar do Netinho.

Tem mais dessas lá...


quarta-feira, junho 20, 2012

O PAPADO MAIS LONGO DA HISTÓRIA


O pontificado de Giovanni Maria Mastai-Ferretti , eleito papa Pio IX em 16 de junho de 1846, durou 31 anos e 236 dias, sendo o mais longo da Igreja Católica.

Ele estabeleceu a "Infalibilidade Papal" durante o primeiro Concílio do Vaticano.

Pio IX também definiu o dogma da Imaculada Conceição, pelo qual a Virgem Maria teria sido concebida sem o pecado original.